Junho Vermelho - doar sangue salva vidas



Junho é o mês dedicado a doação de sangue, ato genuíno que pode salvar até quatro vidas. Abaixo separamos algumas orientações para que você possa fazer parte desse movimento e contribuir com a saúde de diversas pessoas:


Requisitos para doar sangue

  • Pesar mais de 50 quilos

  • Ter entre 16 e 69 anos

  • Apresentar documento com foto, como o RG

  • Estar em boas condições com a saúde

  • Estar bem alimentado

  • Estar bem descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas

O que fazer depois da doação?

  • Antes de deixar o banco de sangue, fique no mínimo 15 minutos sentado e coma o lanche oferecido

  • Beba bastante líquido

  • Mantenha o curativo no local da agulha por pelo menos 4 horas

  • Não beba bebida alcoólica

  • Não fumar por 02 horas

  • Evitar esforço físico exagerado por 12 horas, especialmente com o braço utilizado para doação

Quem não pode doar sangue?

  • Idade inferior a 16 anos ou superior a 69 anos

  • Peso inferior a 50 quilos

  • Se estiver com anemia no teste realizado imediatamente antes da doação

  • Se estiver com hipertensão ou hipotensão arterial no momento da doação

  • Se estiver com aumento ou diminuição dos batimentos cardíacos no momento da doação

  • Se estiver com febre no dia da doação

  • Grávidas

  • Se estiver amamentando, a menos que o parto tenha ocorrido há mais de 12 mese

De quanto em quanto tempo posso doar?

A recomendação é que as mulheres façam doação de sangue com intervalos de 90 dias, ou seja, a cada três meses. Já os homens, com intervalo de 60 dias, a cada dois meses. Este período é necessário para reposição dos nutrientes, especialmente do ferro.


Mas afinal, quem você ajuda?

O seu sangue doado pode ajudar em diversos casos, como, pessoas que sofreram algum acidente de trânsito, queimaduras ou vítimas de alguma catástrofe, pessoas que farão cirurgias e precisam de transfusão de sangue, pessoas que sofreram algum tipo de hemorragia ou que tem alguma desordem de coagulação de sangue.


Na qualquer dúvida, fale com seu médico e entenda mais.


Para agendar uma consulta você pode clicar aqui.


Fonte: Pró-Sangue

Redação: Kellen Melo


Posts Em Destaque