Check-up cardiológico: o que é e quando fazer?



O coração é um dos principais órgãos do corpo humano, e seu bom funcionamento é essencial para manter a saúde em dia. Alguns exames podem ser indicados pelo cardiologista de acordo com o histórico do paciente para prevenir e tratar doenças.

Quando fazer um check-up cardiológico?

As doenças do coração, muitas vezes, podem ser silenciosas e quando começa a dar sinais, significa que a saúde cardiovascular já está bastante comprometida.

Então vale sempre a pena se atentar aos fatores de riscos, como histórico familiar, morte súbita, infarto, se tem pressão alta, obeso, diabético, fumante ou se tem colesterol e triglicerídeos elevados. E ida periódica de rotina ao especialista.

Além disso, também é recomendado o check-up cardiológico para quem vai iniciar uma atividade física, independente de quantos anos tenha. Assim é possível identificar possíveis problemas e verificar se o impacto do exercício não trará algum risco para o coração.

Exames do check-up

Veja agora alguns deles:

Eletrocardiograma

Avalia a atividade elétrica do coração para ver o ritmo, a quantidade e a velocidade das suas batidas. Ajuda no diagnóstico de doenças, como infarto e aumento do coração.

Ecocardiograma

Analisa o fluxo sanguíneo, funcionamento do coração, artérias, estrutura, válvulas e músculos.

Teste ergométrico

Analisa o comportamento do coração em esforço, através de dados, como pressão arterial, ritmo e frequência.

Holter

Registra as alterações cardíacas por, no mínimo, 24 horas.

Sinais de atenção


Alguns sinais te dão clareza sobre a necessidade de consultar o cardiologista e realizar exames, como:

· Dor no peito

· Falta de ar

· Palpitação ou coração acelerado

· Pernas inchadas

· Fraqueza ou cansaço e náuseas

Fale com seu cardiologista

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 80% das enfermidades que afetam o coração podem ser evitadas com mudanças simples de hábitos e com a visita periódica ao médico. Se você percebeu a necessidade de cuidar do coração, clique aqui para agendar uma consulta com o cardiologista.


Redação – por Kellen Melo

Posts Em Destaque