• Kellen Melo

Razões para ir ao cardiologista



Dor no peito ou cansaço constante podem ser sinais de algum problema no coração; e o médico a se procurar é o cardiologista.


Ele é o responsável pelo diagnóstico e tratamento de doenças do coração.


Na maioria das vezes, quando alguém tem doença cardíaca recomenda-se que vá ao cardiologista a cada 6 meses ou em intervalos personalizados definidos entre paciente e médico.


Você sabia que existem alguns fatores de risco que facilitam o desenvolvimento de doenças cardíacas?

Tabagismo, sedentarismo, excesso de peso e colesterol elevado sem tratamento adequado são alguns desses fatores.

O segredo de um coração saudável é estar atento a esses fatores e investir em prevenção.

Abaixo você vai acompanhar algumas razões para se consultar um cardiologista:


Cardiologista atua na prevenção

Seu coração pode estar em risco e você nem imagina! Isso pode ocorrer pois algumas doenças, como pressão alta ou diabetes não apresentam sintomas e só podem ser diagnosticadas através de consulta e exames complementares.


Quanto mais precoce for o diagnóstico, mais efetivo será o tratamento, diminuindo as chances_ de alguma complicação proveniente dessas doenças.


Ajuda no tratamento

O cardiologista faz o acompanhamento de pacientes que são diagnosticados com doenças do coração, trata essas doenças e evita desfechos graves como infarto, AVC, insuficiência cardíaca, entre outros.


Histórico familiar

Quem tem histórico de problemas cardiovasculares na família deve procurar o cardiologista para se prevenir. Caso tenha familiares próximos, como pais, irmãos ou avós que já tiveram Acidente Vascular Cerebral - AVC, morte súbita ou infarto, devem se atentar. Além de casos de pressão alta ou diabetes na família.


Fatores psicossociais

Doenças como depressão, estresse e ansiedade podem influenciar na saúde do coração. A ansiedade, por exemplo, é um dos fatores de risco de infarto. Por isso, quem tem algum tipo de doença psicossomáticas deve se atentar a saúde do coração.


Colesterol alto

O colesterol alto é um dos fatores de risco para desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Ele atua de forma silenciosa sem manifestar sintomas, mas pode representar um perigo para a saúde.


Início de atividade física

Em qualquer idade é preciso consultar um cardiologista antes de iniciar algum tipo de atividade física para uma avaliação completa e identificar qualquer anormalidade no coração e assim poder seguir com as atividades de forma segura.


Sintomas de doenças cardiovasculares

Alguns sinais podem indicar a necessidade de fazer uma avaliação do coração, como:

  • Palpitação

  • Falta de ar ou baixa tolerância para exercício físico

  • Dores no peito

  • Desmaiar com frequência

  • Tonturas

  • Inchaço

Esses sintomas podem ou não estar relacionados a doenças cardíacas, e somente o médico pode investigar e diagnosticar corretamente a causa do incômodo no paciente.


Enfim, esses são alguns dos motivos para agendar sua consulta com o cardiologista e cuidar desse e órgão tão importante para sua saúde e levar uma vida sem doenças e feliz. O ideal é realizar a consulta anual para se prevenir. Agende agora sua consulta clicando aqui.


Dra. Claudia da Rocha Scalisse

Cardiologista e membro do Acesso Saúde

CRM 129286

Redação – por Kellen Melo

Posts Em Destaque