A Black Friday e os gatilhos para a compra compulsiva





Novembro é um mês que marca o desejo pelas compras com descontos por muita gente.


E nisso, vem acompanhado por um desejo desenfreado por comprar e em paralelo uma consequência é a falta de planejamento financeiro.


Em alguns casos, esse desejo impulsivo por compras pode se tratar de um transtorno, o TTC – transtorno do comprador compulsivo.


Clique aqui para agendar a sua consulta.


É uma síndrome psiquiátrica, mais conhecida por Oniomania.


O paciente diagnosticado com o transtorno do comprador compulsivo, muitas vezes, ocupa seu tempo em lojas fazendo compras que não irão usar ou pensando nas próximas coisas que querem ter.


O TCC não escolhe classe social, sendo encontrado em diferentes pessoas e sendo necessário tratamento médico, até mesmo medicamentoso.


Além do mais, uma curiosidade é que as mulheres acabam comprando mais impulsivamente do que os homens, na maioria das vezes.


Por que a pessoa compra por impulso?

Um motivo que pode levar a pessoa a comprar por impulso é o fato de que o “comprar” funciona como um remédio para despertar nela sensações de bem-estar, satisfação e prazer.


E em busca dessa satisfação que nunca tem fim, é como que se a solução para as sensações negativas e frustações estivessem nas compras realizadas.


Identificando um comprador impulsivo

· Vontade de comprar a todo momento

· Total descontrole financeiro durante as compras

· Ansiedade e humor alterado quando está há longos períodos compras

· Sensação de frustração e/ou fracasso depois de realizar uma compra

· Aumento do desejo de comprar quando se sente triste e/ou sob pressão

· Compra escondido das pessoas da família


Como tratar a pessoa com TCC?

O tratamento deve ser iniciado por especialistas após os sinais identificados do transtorno.


A ajuda vem do conjunto do psiquiatra e do psicólogo, já que, muitas vezes, as compulsões por compras estão acompanhadas de ansiedade e/ou depressão.


Cada caso deve ser tratado de forma individual de acordo com o diagnóstico do paciente.


Então se houverem dúvidas, fale com um especialista.


Aqui no Acesso Saúde você pode encontrar!


Clique aqui para agendar a sua consulta.


Posts Em Destaque
Posts Recentes