Dezembro Laranja - Câncer de pele: o que é, sinais e como tratar



Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia o câncer da pele corresponde a 33% de todos os diagnósticos desta doença no Brasil, sendo que o Instituto Nacional do Câncer (INCA) registra, a cada ano, cerca de 185 mil novos casos.


A doença é causada pelo crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele.


Essas células se dispõem formando camadas e, de acordo com as que forem afetadas, são definidos os diferentes tipos de câncer.


Clique aqui para agendar sua consulta com dermatologista.


Sintomas do câncer de pele

O câncer da pele pode se assemelhar a pintas, eczemas ou outras lesões benignas. Assim, conhecer bem a pele e saber em quais regiões existem pintas, faz toda a diferença na hora de detectar qualquer irregularidade. Somente um exame clínico feito por um médico especializado ou uma biópsia podem diagnosticar o câncer da pele, mas é importante estar sempre atento aos seguintes sintomas:

  • Uma lesão na pele de aparência elevada e brilhante, translúcida, avermelhada, castanha, rósea ou multicolorida, com crosta central e que sangra facilmente;

  • Uma pinta preta ou castanha que muda sua cor, textura, torna-se irregular nas bordas e cresce de tamanho;

  • Uma mancha ou ferida que não cicatriza, que continua a crescer apresentando coceira, crostas, erosões ou sangramento.

Como tratar?


Todos os casos de câncer da pele devem ser diagnosticados e tratados precocemente, inclusive os de baixa letalidade, que podem provocar lesões mutilantes ou desfigurantes em áreas expostas do corpo, causando sofrimento aos pacientes.


Felizmente, há diversas opções terapêuticas para o tratamento do câncer da pele. Tudo depende da orientação do dermatologista.


Na Clínica Acesso Saúde há diversos profissionais que podem te ajudar caso surja a queixa.


Clique aqui para agendar sua consulta com dermatologista.


Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo